Obesidade mórbida (grau 3): causas e tratamento

A obesidade é dividida em graus de acordo com o Índice de Massa Corporal (IMC). O IMC é calculado dividindo-se o peso pela altura elevada ao quadrado. Aqui, você vai conhecer mais sobre o impacto da obesidade mórbida grau 3 na sua saúde e que tipos de tratamentos são indicados para esse tipo de obesidade.

Obesidade mórbida grau 3 causas e tratamento

O que é a obesidade grau 3?

Essa obesidade é considerada em pacientes que apresentam um IMC igual ou superior a 40 kg/m².

A obesidade mórbida é considerada um grave problema de saúde que resulta em níveis elevados de IMC e geralmente é acompanhada de uma série de consequências da obesidade para a saúde.

Basicamente, para surgir a obesidade mórbida, é necessária a ingesta de mais calorias do que o nosso corpo é capaz de gastar. Isso pode se originar por um excesso de ingesta, diminuição da perda de calorias ou ambos em conjunto.

Fatores de risco para obesidade mórbida

Qualquer pessoa pode tornar-se morbidamente obesa. Porém, o acúmulo de fatores de risco é que irá predispor o paciente a desenvolver o quadro. Esses fatores de risco para a obesidade incluem:

  • Fatores genéticos: a genética da obesidade vem sendo estudada com grande intensidade. Além da obesidade da população em geral, alterações em genes específicos podem levar a síndromes como a de Prader-Willi, que leva a um excesso de peso desde o início da vida, acompanhada de alterações como retardo mental e déficit de aprendizado.
  • Hábitos alimentares: a qualidade da comida tem um grande impacto no desenvolvimento da doença. Alimentos processados e ultraprocessados são considerados os grandes vilões do surgimento da epidemia de obesidade que hoje vivemos.
  • Atividade física: a prática de atividades físicas regulares aumenta o gasto energético e é essencial para mantermos um peso adequado ao longo da vida.
  • Ansiedade: além de muitas pessoas com ansiedade descontarem na comida, o excesso de produção do hormônio cortisol (conhecido como hormônio do estresse) predispõe ainda mais ao acúmulo de tecido adiposo.
  • Envelhecimento: com o avançar da idade temos uma redução no nosso metabolismo, que diminui o gasto energético e predispõe ao acúmulo de tecido gorduroso.
  • Medicamentos: o uso de uma série de medicamentos pode facilitar o ganho de peso.
  • Sono: problemas do sono também podem facilitar o surgimento da obesidade, por impactar na forma como nosso organismo gerencia a saciedade e o gasto energético através do metabolismo basal.

Qual o impacto da obesidade grau 3 na sociedade?

A OMS considera a obesidade grau III como a principal causa de morte evitável no mundo, superando inclusive o tabagismo. Ela leva a uma importante e drástica redução da expectativa de vida da população. O impacto socioeconômico gerado pela obesidade avançada também é grande, onerando o sistema de saúde público de países principalmente desenvolvidos ou em desenvolvimento.

Como é tratada a obesidade mórbida?

Todo paciente com obesidade grau 3 ou mórbida tem indicação de tratamento através da cirurgia bariátrica. Essas pessoas devem passar primeiramente por pelo menos 2 anos de tentativa de redução de peso através do gerenciamento da alimentação e da prática de atividades físicas, com ou sem tratamento farmacológico. Idealmente, devem ser acompanhadas por uma equipe multidisciplinar composta por médicos, nutricionistas, psicólogos e educadores físicos.

Converse com seu médico a respeito disso para procurar o melhor tratamento para a obesidade mórbida grau 3.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *